Perfil de Ana Lu Rocha

“Ser capitã desse mundo, poder rodar sem fronteiras, viver um ano em segundos, não achar sonhos besteiras…”

 

Ana Lu que também é Ana e Lu viu nas emoções, nos detalhes e na percepção do que há de mais belo, lindo, leve e solto no mundo uma razão para começar a cultivar ainda aos 14 anos uma de suas maiores paixões: a fotografia.

 

Porque pra Ana era a fotografia que revelava tudo o que a inspirava – a paixão por viajar e descobrir o mundo para expandir o dela, a oportunidade de ser grande com as coisas pequenas e simples da vida, como os seus “Meninos do Rio”, que participantes de um projeto autoral da Ana, também eram a fonte de sua inspiração nas horas vagas.

 

Estudante de Publicidade e Propaganda, Ana costuma estudar, entender e conhecer as coisas através dos desenhos da luz, captando a beleza do enquadramento perfeito e vivendo através das lentes os encantos que o mundo oferece, ainda que às vezes ele pareça estar do avesso.

 

Do avesso mesmo é o jeito que a Ana gosta de estar, surpreendendo e emocionando e ao mesmo tempo entendendo e registrando tudo o que pode, da maneira mais autêntica que consegue. Porque é a fotografia da Ana que também revela tudo o que a Ana é, deseja e acredita.

A Ana também acreditou e se inspirou nos amigos de profissão, nos passeios que fez, nos encontros que participou, na motivação e na paixão pela profissão que escolheu. Mais importante do que o retorno financeiro, é a leveza, a alegria e o amor que a fotografia trazem pra ela.

Ela – serelepe que só ela – pode estar em dois lugares ao mesmo tempo porque também faz questão de participar do  backstage, onde pode captar a singularidade de cada momento para a construção de mais um novo job que pode ser do jeito que a Ana quer, do jeito que a Lu espera, que a Ana Lu pensou e principalmente, daquele jeito que todo mundo gosta: lindo, leve e solto.

 

Texto: Mariana Manezes